Círculo de bananeiras lá de casa

Círculo de bananeiras

circuloO círculo de bananeira é usado para tratar as águas usadas da casa (pias, tanques e chuveiros), as chamadas águas cinzas. Ele também beneficia a produção de bananas em escala humana.

Essa técnica originou-se da observação dos efeitos dos fortes ventos sobre a cultura dos cocos. Numa clareira os coqueiros caídos davam origem a círculos de coqueiros que nasciam, se desenvolviam e produziam melhor do que quando sós. O padrão natural observado foi que no centro do círculo se depositavam folhas, ramos, frutos, etc, que retinham a umidade e concentravam nutrientes, beneficiando a cultura dos coqueiros. Dessa observação, passou-se em seguida às experiências com outras culturas, como a da banana.

No caso das bananeiras percebeu-se que elas, como outras plantas de folhas largas como o mamoeiro, evaporavam grandes quantidades de água e estabeleceu-se assim uma relação com as águas cinzas das residências. Essa ligação é feita entre a necessidade de se tratar a águas que saem das pias e chuveiros das residências com a grande capacidade de evaporar (tratar) dos círculos de bananeiras. E isso é uma das bases do design na permacultura, estabelecer relações positivas, sinérgicas entre os elementos de um sistema vivo.

Como construir?
circuloO trabalho começa com a construção de um buraco, em forma de concha, com 1 m cúbico de volume. Lembre-se que a terra retirada do buraco é colocada na borda aumentando a altura do buraco.

Os sistemas vivos não seguem projetos no papel. Então mais importante do que seguir as dimensões apresentadas aqui, é procurar observar no local, o solo, a insolação, incidência de geadas, etc. para dedinir melhor como será o círculo de bananeiras de sua residência.

Se o solo for muito arenoso deve-se adicionar uma camada de argila para retardar a infiltração e possibilitar que a microvida faça seu trabalho de quebrar as moléculas dos nutrientes e outros compostos que vem com a água.

circuloO buraco, depois de pronto, deve ser enchido com madeira e palha para criar um ambiente adequado para o recebimento da água cinza e para beneficiar a micro vida. Isso é feito primeiro colocando pequenos troncos de madeira grossos no fundo. Em seguida galhos médios e finos de árvores e por último a palha (aparas de capim, folhas, etc.) formando um monte com quase 1 metro de altura acima da borda do buraco. A madeira deve ser colocada de forma desarrumada, para que que se crie espaços para a água. A palha em cima serve para impedir a entrada da luz e da água da chuva, que escorrerá para os lados não inundando o buraco e não se contaminando com a água cinza.

A água cinza deve ser conduzida por um tubo até o buraco e com um joelho na ponta para evitar o entupimento. Não usar valas abertas para a condução da água, assim mosquitos e outros animais indesejados não terão como se desenvolver. E os microrganismos da compostagem terão um ambiente perfeito para fazer o seu trabalho.

Caixa de gorduras
As gorduras dificultam os processos biológicos e podem diminuir o ciclo de vida de um CdB. Nas residências urbanas o uso de caixa de gorduras pode ser uma boa ação preventiva. Já nas residências rurais não há necessidade por duas razões:
1. Hábitos alimentares diferentes. Mas que podem ser adotados nas residências urbanas para dispensar o uso da caixa de gordura. Basta cuidar dos dejetos gordurosos na pia, dispondo de uma lixeirinha em cima da pia e guardando os óleos de fritura em recipientes adequados para depois encaminhar à reciclagem.
2. Nas áreas rurais há mais espaço e em caso de problema o fluxo de água pode ser desviado para um segundo CdB enquanto o primeiro se recupera. Outra ação que pode ser feita é a limpeza descrita no manejo mais abaixo.

Plantio
As bananeiras podem ser plantadas de diversas maneiras. Mas eu prefiro usar o rizoma inteiro ou uma cunha (parte de um rizoma) com uma gema visível. Após fazer as covas (no mínimo 30x30x30 cm) deve-se enche-las com bastante matéria orgânica (palhas, folhas, etc.) misturada com terra. Antes de preencher totalmente o buraco, na hora de colocar o rizoma, posicione para que a gema fique para o lado de fora do círculo e inclinado de forma que a bananeira nasça caída para fora. Essa inclinação da bananeira é mais fácil de ser conseguida quando plantada a partir de rebentos. Isso facilitará a colheita e o manejo das bananeiras. O rizoma deve ficar há uns 10 cm, em média, abaixo do nível do solo.

Ao redor do círculo, também é indicado o plantio de mais plantas de folha larga como a taioba, mamoeiro, caetés e entre elas batata doce ou outra plantas rasteiras para cobrir todo o espaço. Em pouco tempo o círculo irá se transformar em um nicho de fertilidade que vai se espalhar pelo entorno.

Cuidados
A água cinza NÃO deve conter água preta dos sanitários. Estas deveriam ir para outros sistemas apropriados para o seu tratamento.
E nas pias e chuveiros deve-se evitar o uso de detergentes químicos e outras substâncias tóxicas como cloro, etc., pois estas substâncias matam os microrganismos e impedem a compostagem dos nutrientes contidos na água cinza com a madeira.
Mais informações sobre a separação das águas servidas podem ser encontradas em “sistematização da água”.

Dimensionamento
Esse tamanho padrão de 1 m3 para CDB é suficiente para uma família de 3 a 5 pessoas, mas se o volume de água cinza produzido na casa for maior do que a capacidade de recebimento do círculo, a solução é construir um segundo círculo interligado ao primeiro. Não se deve fazer bacias maiores que o padrão. A água cinza entra pela parte mais alta do primeiro círculo e sai no nível máximo por meio de outro tubo e segue para o segundo círculo. Conforme a situação pode-se ter uma bateria de círculos inteligados. Isso é facilitado se o terreno for inclinado.

Manejo
Sempre colocar aparas de poda (grama, capim, galhos) no centro para alimentar o círculo e evitar que o buraco seja inundado com a água da chuva.
Após colher o cacho de bananas, deve-se cortar a bananeira bem na base e em pedaços de 1 metro, rachar ao meio (longitudinal) e também colocar no centro do círculo. A cada 3 anos (ou mais) todo o material depositado no buraco pode ser retirado (quando os troncos se dissolverem) e usar como adubo orgânico na horta. E repor novo material como no início da implantação do círculo.

Aqui na região sul do Brasil há diversos círculos de bananeiras funcionando perfeitamente há mais de 3 anos. Assim que possível publicarei mais fotos dessas experiências.

Alguns círculos de bananeiras:

Saiba mais:
Outras alternativas para tratamentos de água

56 ideias sobre “Círculo de bananeiras

  1. André Teixeira Sampaio

    Em relação ao círculo de bananeira para tratamento das águas cinzas. Gostaria de saber como se calcula a relação do tamanho do buraco que necessita se abrir com a quantidade de efluente que irá chegar ao buraco.

    Atenciosamente;

    André Teixeira Sampaio.

  2. JOCINEA

    busco ajuda porque comprei um sitio com 1 alqueire e gostaria de fazer criação de peixes plantar todas as frutas e ervas medicinais fazer mudas de planta de jardim aceito ajuda de quem puder me ajudar serei muito grata

  3. Dino Cozenza

    tenho uma casa com um terrenos de 1300m2, tenho diversas bananeiras no terreno. Não tenho rede de esgoto adequada e estou avaliando uma solução de biodisgestor para agua negra e preciso de uma para agua cinza, gostaria de saber :
    – se posso jogar a agua proviniente de caixa de gordura no circulo de bananeiras?
    – Qual o tamanho deste círculo para uma casa com 5 pessoas?
    – Não se coloca nenhum tipo de tampa no circulo ?
    Obrigado
    Dino Cozenza

    1. Maria Verginia P.Negrão

      Boa noite
      Estou construindo uma casa na fazenda,e quero fazer uma fossa negra e outra cinza,mas estou com algumas duvidas,se for possivel me esclarecer eu lhe agradeço.
      Qual a distancia para não contaminar uma nascente e poço, pode ser feito as fossas ,a negra e a cinza.
      E a gordura da cozinha,vai provocar mal cheiro,ou entupir a fossa.
      Obrigada . Verginia

  4. Harley August

    Prezados,
    Sou finalista do curso de Design, e atualmente estou pesquisando um TEMA para meu “projeto de defesa”.
    Possuo uma área de 25 Hectares no âmbito rural, localizada na região norte do município de Manaus/AM.
    Pretendo mais informações na área da “PERMACULTURA”, e, obter mais orientações sobre este assunto.
    Agradecido.

  5. Maurílio Longatto Frittoli

    Olá td bem?
    Espero que sim!
    Gostaria de saber como faço para tratar a fibra de bananeira para confecções de bolsas , evitando o aparecimento de fungos e bolores.
    Se possível, gostaria da explicação por etapas!
    Agradeço antecipadamente!

  6. Itamar Vieira Autor do post

    Maurílio, você já deve ser a centésima pessoa que me pergunta sobre o tratamento da fibra de bananeira. Estava evitando responder porque esse não é o tema tratado aqui, mas enfim, levei alguns segundos para encontrar uma boa resposta consultando o oráculo (google).
    Eis a reposta em html e em arquivo PDF. Pode escolher e bom proveito.

  7. Andréa da Luz

    Plantamos algumas bananeiras em volta dos canos corrugados que saem do sumidouro da fossa séptica (onde misturam-se águas cinza e preta) para auxiliar na drenagem do terreno. Gostaria de saber se os frutos da bananeira podem ser consumidos ou se poderiam se contaminar com coliformes fecais.

  8. Itamar Vieira Autor do post

    Andréa, você já deve ter percebido pelo artigo que vocês terão problemas com a contaminação do solo e do lençol freático misturando a água cinza e negra, ok? Este problema pode ser facilmente resolvido separando as águas e dando destinos diferentes para elas.
    Quanto aos frutos, não se preocupe, não serão contaminados, pode consumir as bananas sem medo.

  9. João S. Christe

    Quanto a questão da Andrea da Luz, quero saber se a agua ja tratada por sistema biodigestor (Embrapa/fossa nova)pode ser adicionada sem problemas? Pretendo utilizar dois ou mais sistemas para tratar aguas negras e cinzas reutilizando-as para fertirrigação e proteger o lençol freático em uma pequena propriedade rural.

  10. Patricia Bulgarim

    Em relação ao círculo de bananeira para tratamento das águas cinzas. Gostaria de saber como se calcula a relação do tamanho do buraco que necessita se abrir com a quantidade de efluente que irá chegar ao buraco.

    Desde já agradeço.

    Patricia

  11. Itamar Vieira Autor do post

    Patricia essa pergunta volta e meia é feita novamente, mas está explicado no artigo. Não se trata de quanto efluente o círculo pode receber. Pois o tamanho do buraco é padrão, 1 metro cúbico. Se fizer menor ou maior, você terá problemas não solucionados com esse sistema. Se esse tamanho não for suficiente, deve-se fazer outro círculo de bananeiras ligado ao primeiro. Toda a água cinza vai para o primeiro e o excedente vai para o segundo. Simples.

  12. Andréia Hipólito

    Olá, sou arquiteta na cidade de S.J. Rio Preto-SP, e gostaria de informações sobre a fibra de bananeira p/ desenvolvimento de móveis e artesanato.
    Como faço para adquirir a fibra.
    Aguardo. Obrigada.

  13. Augusto de Oliveira Barbosa

    Em relação às Bacias de Evapotranspiração!!
    O dimensionamento serve tanto para locais com alto quanto com baixo índice de evapotranspiração real?
    No caso de locais públicos, onde há visitação com alta variação, como se faz para dimensionar? É necessário quanto tempo de detenção hídrica (TDH)? Qual a relação Comprimento/Largura ideal????
    Qual a granulometria das brita utilizada? Quais os dispositovos de entrada, saída e monitoramento adotados??
    É necessário pré-tratar o esgoto bruto com sistema de decanto-digestor anaeróbio, filtro biológico, ou pode ser lançado esgoto bruto diretamente?
    Não é necessário um sistema de drenagem superior, no caso de chuvas muito bruscas ou grande variação de vazão?
    Não encontro nenhum artigo técnico sobre o assunto, alguém sabe onde encontro algo sobre isso?? A NBR só fala sobre a bacia de evapotranspiração e infiltração! Qual a norma técnica para a instalação desse sistema?? Ele necessita ser licenciado?

    Por favor, me ajudem!!
    Abraços,
    Augusto Barbosa
    Engenheiro Ambiental

  14. Diego Trigueiro

    Bom dia a todos!
    Gostaria de informações para destino e água negra.
    Agradeço a atenção!

  15. JORGE

    Parabenizo pela feliz idéia do “círculo de bananeiras” vou duvulgar e fazer! Tenho uma chácara e trabalho com produtos orgânicos entre eles o “super magro” para tratamento de parreiras e outras frutas domésticas, com ótimos resultados! Tenho um aviário e no entorno plantei bananeiras para diminuir a temperatura e aproveitar a fertilidade da terra do aterro. Muitas moitas produzem ocacho e a fruta fica atrofiada, não amadurece ou amarela ainda magra.Preciso de uma ajuda! obrigado

  16. Julio Itacaramby

    Ola Itamar!
    Estou planejando fazer um circulo desses num terreno aqui em Brasilia mas gostaria de saber qual a distancia mínima recomendada para um poço artesiano que temos na área de 400m2 que estamos trabalhando.

    Obrigado!

    Prosperemos!

  17. Marli

    Olá
    Adorei o artigo exposto neste blog.
    Estou procurando informações sobre o melhor tratamento da muda de bananeira para evitar problemas com brocas e fungos durante e após o plantio.
    Se puderem me ajudar ficarei muito grata.

    Obrigada!

  18. marlene

    tenho um trabalho de reaproveitamento de fibras e material reciclados garrafas pet filtros de cafe e outros

  19. Itamar Vieira Autor do post

    Alguns cuidados quando construir um Círculo de Bananeiras em terrenos arenosos:
    Acho que tudo é uma questão de achar um equilíbrio entre infiltração e compostagem. Essa técnica funciona melhor se a água ficar um tempo em contato com a microvida que se desenvolve no interior do círculo, principalmente as colônias de bactérias. Elas poderão assim quebrar as moléculas dos nutrientes, como restos de alimentos e vegetais, e de outras substâncias que venham com a água, como sabão, shampoo, etc.

    Dois extremos:
    1. Se a água infiltrar muito rápido não acontecerá o trabalho das bactérias e o círculo estará contaminando o solo e as águas subterrâneas. Mas se a água que chega não conter muitos ingredientes isso não chega a ser um problema. Mas é importante observar o entorno, se há poços de água, etc.
    2. Se a água não infiltrar quase nada, poderá acumular muito lodo, que deverá ser retirado, de tempos em tempos, juntamente com o material colocado para compostar e criar espaços para a microvida e não deixar entrar luz. Esse material poderá ser usado como adubo em hortas ou para frutíferas.

    Uma solução:
    Em terrenos arenosos pode-se colocar uma camada de terra argilosa no fundo e em parte das paredes para retardar a infiltração. É praticamente impossível ter dados mais precisos sobre como fazer isso. Então comprometa-se com o sistema, observe a paisagem ao redor, a qualidade da água que chega e, experimente!

  20. Cássio Henrique Vazão

    Estou adotando essas “idéias” inovadoras em minha propriedade, a Bacia de Evapotranspiração e o Círculo de Bananeiras, ambos já encontram-se em construção, possuo uma propriedade rodeada de Mata Atlântica e, creio eu, esses são os melhores projetos para a preservação do meio ambiente, caso queiram acompanhar o funcionamento das mesmas, estou à inteira disposição!Obrigado.

    1. Itamar Vieira Autor do post

      Salve Cássio, somos gratos pela sua decisão de construir e usar esses sistemas. E principalmente pela sua vontade de partilhar. Quando tiver um endereço para partilhar as fotos publique aqui.

  21. sonia maria

    boa noite, gostaria de saber se existe algum cuidado para a banana maça não empedrar, já nasceram 2 cachos e todas nasceram empedradas. uso o adubo 101010 mas não sei se é o ideal. Agradeço a atenção!!

    1. Itamar Vieira Autor do post

      Sonia, eu não sei a resposta a essas duas perguntas. Mas pensei bastante nas perguntas e vou responder o que pensei pois aqui há espaço para observarmos coisas bem interessantes.

      Quanto ao tempo certo, depende do seu objetivo, se para consumo em casa, basta observar as primeiras bananas amarelando, pode retirar e pendurar em casa para terminar de amadurecer, antes que os pássaros belisquem todas. É realmente o caso de ir observando, experimentando e aprendendo por si. Se for para vender terá que usar outros indicadores pois precisará colher um pouco mais verde.

      Quanto ao empedramento, pesquisando encontrei respostas que dizem ser um desequilíbrio nutricional, principalmente falta de cálcio e boro. Bom, se recorrer a adubos químicos, terá muitos problemas para equilibrar as fórmulas sem a experiência de um eng. agrônomo. E será que é isso mesmo? Então vamos usar soluções mais sustentáveis. E isto inclui deixar a natureza dar as suas próprias respostas. Nós apenas vamos restituir o ambiente natural para que isso ocorra. Os bananais e outras culturas são plantadas como pomares, sem plantas embaixo, o que leva a necessitar de insumos externos. Porque? Bom, o ciclo de vida das plantas (nascer, crescer e morrer), faz da planta uma bomba de nutriente. Elas trazem de baixo do solo esses nutrientes na sua composição e os deixam sobre o solo quando se decompõem. Então, plante ou deixe nascer mato (espécies de ciclo curto) embaixo das bananeiras ou próximo a elas ou corte de outras áreas e deposite sob as bananeiras. Outra solução é usar o pó (muito fino) de rochas que pelo processo de lixiviação (ação da chuva) disponibiliza aos poucos os micronutrientes contidos no pó de rocha.

      1. sonia maria

        adorei a idéia de não usar adubo químico pois nas minhas hortas uso cascas de frutas em decomposição depois do período de fermentação. Só gostaria de saber onde encontro esse pó de rocha moro em São Paulo zona oeste lapa e não sei onde procurar. Fiquei muito contente com sua atenção feliz 2012!!

  22. Wilson

    bom dia, sou de criciuma, estou separando a agua cinza de casa, problemas: há uma caixa, tipo “sumidouro” que recebe agua da maquina de lavar e da caixa de gorgura da pia, desse sumidouro com gordura há um cano ligando ao sumidouro que mistura com a agua negra, o que enche muito rapido. Questao: quero desviar o cano do “sumidouro” da agua cinza(caixa de gordura + maq. lavar) para um circulo de bananeiras. Já tenho as bananeiraS, é só cavar o buracos e preencher com madeira?Duvida: a gordura da cozinha irá junto, isso pode causar MAU CHEIRO No circulo? o terreno aqui é bem argiloso, pouca drenagem com regime de chuva intensa, isso funciona aqui pra CRICIUMA?

    1. Itamar Vieira Autor do post

      Wilson, quando a pergunta serve para outros leitores respondo por aqui, mas quando é bem específica envio por email. Enviei assa resposta e a da outra pergunta para seu email. Recebeu?

  23. Khris Louise

    Boa noite Itamar, encontrei este site por acaso na internet, pois estava pesquisando sobre fossa ecologicamente correta. Irei construir minha casa em breve em Mogi das Cruzes em São Paulo e, gostaria de saber se posso construir a fossa negra e a cinza de bananeiras em um terreno de 300m²?Poderei comer as bananas posteriormente? Como farei o replantio das bananeiras depois da colheita? Perdoe-me pela falta de conhecimento, aguardo sua resposta em breve. Obrigada.

  24. Pingback: Fluxus no Programa Cidades e Soluções – Jardins Filtrantes « Fluxus Design Ecológico

  25. Margarida Barbalho

    Boa noite.
    Parabens pelo seu trabalho, é muito didático. Gostaria de saber tres coisas: 1- Já tenho algumas bananeiras plantadas, posso abrir o circulo entre as mesmas ou devo começar tudo de novo replantando?; 2- A que distancia do circulo devo plantar as mudas? 3: Qual espessura devo usar nos canos?
    Obrigada pela atenção.
    Margarida

  26. Pingback: zona de raízes e círculo de bananeiras « construção natural . permacultura

  27. marcos andre da luzc

    Ola Itamar,hoje o circulo de bananeiras aqui em casa completou um ano, e mesmo com as chuvas que tivemos essa semana (estou em curitiba) nao tive problemas. Muito obrigado mesmo pelos projetos e pelo incenctivo! Espero no final do ano, quando esquentar, ja colher as primeiras bananas! comprei mudas pequenas de Morretes, uma cidade do litoral, famosa pelas bananas.
    abraços

  28. Nicolle

    Olá, adorei esse projeto
    gostaria de está realizando o mesmo em uma feira de química para está sensibilizando a todos…
    Poderia me dar uma ideia , como posso fazer um projeto deste mas pequeno,
    de fácil acesso para todos?
    Só como se fosse uma pequena amostra.

    Desde já agradeço.
    Se possivél entre em contato comigo pelo meu email

  29. Mel

    Itamar,
    Quais cuidados eu devo ter em relação ao nível do poço para abastecimento humano (no caso em que houver), a fossa deve ficar abaixo do nivel do poço pra que nao haja contaminação?

    Essa fossa, assim como a BET, deve ficar exposta ao sol?

    Como eu analiso que haverá necessidade de fossa em sequencia (mais de u ma)? SE houver as fossas em sequencia, a segunda fica em um nivel mais abaixo do que a primeira?

    grata,
    Mel

  30. Mel

    Itamar,
    Gostaria de saber porque que na foto do desenho esquemático , a cova do circulo de bananeiras possui 2 metros cúbicos e no seu projeto vc recomenda 1 metro cúbico.

  31. Itamar Vieira Autor do post

    Oi Mel, observe novamente as duas imagens acima… os dois metros é o diâmetro entre as bananeiras. O buraco tem 1 m3 mesmo. Mas em vez de fazer uma buraco quadrado com 1m x 1m x 1m, prefiro fazer uma bacia como mostra o desenho. Olhe novamente… Bons frutos!

    1. Itamar Vieira Autor do post

      Andre, e o que fazer com a gordura depois que encher a caixa? Nunca tive problemas com os círculos de bananeiras bem construídos sem caixa de gordura. E você? Por que fazer uma caixa de gordura?

  32. Bruna SCHZ

    Bom dia! Gostaria de saber se posso trocar a bananeira por coqueiro.

    Obrigada!

    1. Ita Vieira Autor do post

      Pode Bruna. Estes círculos tiveram origem com os coqueiros. Mas no tratamento de água cinza as bananeiras e mamoeiros são muito mais eficientes.por causa das folhas largas. Se você tem muita água ou muita chuva, talvez os coqueiros não sejam adequados. Porque você quer usar os coqueiros?

  33. Antonio Máximo

    Mto interessante! Gostaria de implantar este sistema no meu local de trabalho (hospital), quais as dimensões ou se existe outra forma de tratar a água cinza de um local público e com circulação diária de pelo menos 100 pessoas/dia?! Obrigado

  34. Maurício José

    Por favor, na região onde moro as bananeiras crescem, mas não frutificam em função das baixas temperaturas e grande altitude. Há outros especies que possa substituir?
    grato.

  35. Adriano Queiroz

    estou fazendo um trabalho da faculdade e gostaria de saber se a gordura e o sabão que lava as louças cai tudo no mesmo buraco ou tem um processo de filtração antes

  36. Ewerton Moreira

    Itamar, muito bom o artigo. Só ficou uma dúvida que aliás já está em outros comentários:

    Minha casa não tem separação de águas negras e cinzas porém possui um biodigestor Ecolimp que irá tratar o esgoto e enviar a um sumidouro. Minha dúvida: faz sentido plantar banana ou mamão ao redor do sumidouro?

    Obrigado.

  37. Danilo

    Olá Itamar, ótimo material vc disponibiliza aqui. Minha dúvida vem em linha com a dúvida da Bruna, de colocar coqueiro no lugar das bananeiras, ou ainda tamareiras. Eu particularmente acho as bananeiras mto feias e não gosto de bananas. Vcs diz q pode mas é menos eficiente, seria o caso de dimensionar diferente, fazer os buracos menores, mas fazer mais desses buracos, ou aumentar a qtde de coqueiro ou tamareiras? Ou poderia ser ser mais algumas outras opções mais pra plantar?

    desde á agradeço por sua atenção,

    1. Ita Autor do post

      Danilo, as taxas de evapotranspiração variam muito entre espécies e climas. Minha sensação é de que as bananeiras tem taxas maiores que as palmeiras baseado em minha observação de plantas em vasos. Mas os números que encontro em estudos, as taxas parecem ser equilibrados, entre 4,5 e 6 mm, principalmente quando comparados com coqueiros e tamareiras. Então te aconselho a tentar o uso dos coqueiros parecido com o projeto para as bananeiras. Depois dê retorno de suas experiências.

  38. John Kennedy

    Olá amigo primeiramente muito obrigado pelo post que ajuda muita gente. Minha duvida é a seguinte tenho uma pequena chácara, e gostaria de fazer um tratamento de águas cinzas mas o problema é que o lençol freático é muito raso 1,50m e tenho uma cisterna onde tiro água para consumo, este circulo de bananeiras não iria contaminar o lençol freático?

    1. Ita Autor do post

      John, é água cinza, não preta. Isso por si só ja responde a sua pergunta. Mas vc pode tomar alguns cuidados extras: cuidar com os produtos de “limpeza” que usa na pia, chuveiro, máquina de lavar roupas. E ainda por cima pode vedar melhor o buraco com argila, para a agua infiltrar menos ficando mais tempo compostando no círculo. E ainda caprichar na escolha das plantas e na localização do círculo para swr bem venrilado e tomar mais sol, para evapotramapirar mais água. Bom design!

Os comentários estão fechados.