É possível uma sociedade feliz?

Já falei aqui, em outro artigo, de como conheci o Curso Tokkou e hoje pretendo falar um pouquinho sobre a Vila Yamaguishi, onde acontece o Tokkou.

Além do Brasil, existem Vilas Yamaguishi na Suíça, Alemanha, EUA, Coréia, Tailândia, Austrália e em mais de 40 locais no Japão, onde surgiram.

Nessas vilas, várias famílias de voluntários vivem uma vida sem posse. Moradia, alimentação, roupas, são todas gratuitas, não há salários, não existem chefes nem patrões, portanto, não há em absoluto ordens a serem obedecidas.

Cada um faz o que deseja de verdade e vive de forma alegre e rica.

Para ouvir dos próprios moradores, assista a essa entrevista.

No Brasil, assim como nos outros países, a vila vem praticando por meio da produção agrícola a harmonia entre a natureza e a ação humana consciente, almejando expandir a sociedade de amor fraterno para todo o mundo. Mas seu funcionamento e maneira de fazer as coisas, os cursos, etc. difere um tanto das outras vilas. Alias todas as vilas são o reflexo do estado atual (presente) de seus integrantes.

A Vila Yamaguishi também é chamada de “Vila de alegria e amizade onde não é preciso dinheiro”, é o lugar onde manifestam na prática a construção da sociedade de amor fraterno sem fronteiras e sem posses. E nela, dentro da grande e rica natureza, convivem em amizade e alegria.

Por uma razão pessoal, procuro visitar a Vila ao menos uma vez por ano. Lá encontro os amigos que fiz, participo de um Tokkou ou de alguma Reunião de Kensan.

Acho que uma sociedade feliz é possível.

E o meu o lema também é: “Eu, Hei de Prosperar Junto com Todo o Universo.”

Uma resposta para “É possível uma sociedade feliz?”

O que pensou? Comente