Pães de Pedra

Capa do livroEstes são alguns comentários a respeito do livro “Pães de Pedra” de Julius Hensel publicado na Alemanha em 1898 e traduzido em 2003 por Sebastião Pinheiro, Hans Landgraf e Jairo Restrepo Rivera.

Quando comprei o livro pensei logo de cara que se tratava de um texto importante para auxiliar na compreensão das propriedades e funções do solo. Mas devido a linguagem técnica com uma notação química muito antiga e porque queria compreender melhor o assunto e explorar o livro ao máximo, recorri a um amigo que foi meu mestre em ciências no ginásio, o Prof. Adílio Gildo Viana, professor agora aposentado, um grande observador da natureza e com a mente sempre aberta e alerta para o novo. A ele devo em grande parte minha paixão pelas ciências, pela forma sempre carinhosa e bem humorada com que abordava os temas entre eles, o meu preferido, biologia.
De nossas conversas sobre o livro resultaram os seguintes comentários:
Continue lendo “Pães de Pedra”